Palmas, segunda 29 de maio de 2017

Cultura

Espécie em extinção

30/11/-1 00h00

 
Presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba, o contador de histórias José Inácio de Morais critica a proibição de fiscais do Ibama andarem armados. Põe a culpa no tatu: “Se um caçador for pego com um tatu, é crime inafiançável. Se matar um fiscal do Ibama, for réu primário e se livrar do flagrante, pode responder ao processo em liberdade”. E avisa:

- Como o tatu está em extinção e o homem não para de procriar, os fiscais que se cuidem

Diário do Poder


   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.
Jornal Ecos do Tocantins    |    Contato: trajanocoelho@ecosdotocantins.com.br    |    (63) 9218-5652