Pium, sábado 23 de junho de 2018

Política

CANDIDATURA DE MEIRELLES A PRESIDENTE DERRUBOU NOTA DO BRASIL

26/02/2018 09h28

Web PARA SER CANDIDATO, MEIRELLES TEM QUE DEIXAR FAZENDA EM ABRIL E ISSO APAVOROU AGÊNCIAS DE RISCO

Não foi apenas o adiamento da reforma da Previdência que derrubou a nota do Brasil pela Fitch, agência de classificação de risco. Também contribuiu na avaliação negativa a declaração do ministro Henrique Meirelles (Fazenda) admitindo pela primeira vez que quer disputar a Presidência.

Sua candidatura é má notícia porque ele é considerado um fiador da economia, e isso o forçaria a deixar o cargo em abril. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
O ministro da Fazenda afirmou que “contempla” uma candidatura a presidente, mas não é apenas isso. Ele só pensa no assunto.

Henrique Meirelles é o único pré-candidato a agir como candidato oficial. Ao contrário dos demais, ele já tenta contratar um marqueteiro.

Um dos sonhos de Henrique Meirelles é contar como vice com o amigo nordestino José Múcio, ministro do Tribunal de Contas da União.

O Brasil teve nota BB- da Fitch foi em 2004, no governo Lula, mas em viés de alta de B+. Meirelles era o presidente do Banco Central.

Diário do Poder

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.
Jornal Ecos do Tocantins    |    Contato: trajanocoelho@gmail.com    |    (63) 98444-2993