Pium, quinta 20 de setembro de 2018

Geral

Educação Ambiental do Naturatins encerra o ano com ações em mais de 100 municípios

27/12/2017 11h44

Ascom Naturatins Atividades de Educação ambiental

 Tânia Caldas / Governo do Tocantins

A Superintendência de Gestão Ambiental do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) apresentou nesta terça-feira, 26, o balanço anual com avanços nas ações pertinentes a Educação Ambiental. Dentre as atividades estão a Assinatura do Termo de Cooperação, conhecido como Protocolo do Fogo com 66 municípios e a implantação de Fóruns Municipais Lixo e Cidadania em 37 cidades. Somando 103 municípios beneficiados com ações do Departamento de Educação Ambiental.

As referidas ações ocorrem mediante planejamento, quando as equipes de Educação Ambiental, se deslocam pelo Estado com o objetivo de mobilizar a comunidade local, bem como sensibilizar os gestores como os prefeitos e secretários municipais de Meio Ambiente, a desenvolverem ações de conservação e preservação ambiental.

O Protocolo do Fogo visa reunir instituições organizadas que se comprometem no desenvolvimento de ações sustentáveis, a exemplo de Acordos entre os diversos atores sociais da região, que juntamente com o poder executivo municipal buscam obter resultados positivos na redução dos focos de incêndios/queimadas.

“Com a realização dessas ações ocorrem redução significativa de impactos na rica biodiversidade do Tocantins, quando a fauna, a flora, podem ser preservadas. Além de as pessoas terem melhoria na qualidade de vida, já que não vão respirar a fumaça das queimadas. Porque o uso indiscriminado do fogo trás consequências severas as todas as espécies”, frisa o superintendente de Gestão Ambiental do Naturatins, Natal César Alves de Castro.

O gestor esclarece que o Programa Protocolo do Fogo possui respaldo no Decreto Estadual nº 649/98, que instituiu o Comitê Estadual de Prevenção, Controle e Combate às Queimadas e Incêndios Florestais. Entre as metas do Comitê está à busca por uma estratégia de ação para atuar efetivamente na problemática das queimadas.

“Para o ano de 2018, vamos buscar levar as ações de Educação Ambiental ao maior número possível de municípios. E também participar juntamente com a Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), de atividades no Estado. Pois essa parceria muito engrandece o Naturatins, no sentido de levar conhecimento as comunidades mais distantes que tanto necessitam desse tipo de ação”, enfatizou o superintendente.

Materiais recicláveis

Outra atividade da Superintendência de Gestão Ambiental é referente às oficinas que visam auxiliar na renda familiar da comunidade. Com esta proposta, as equipes de Educação Ambiental ministraram em 2017, 25 oficinas sobre o uso de materiais recicláveis, que beneficiou aproximadamente 620 participantes. Também foram oferecidas seis oficinas de sabonetes artesanais, quando 65 pessoas foram favorecidas com a prática.

Com a finalidade de sensibilizar as comunidades sobre ações do meio ambiente, os educadores ambientais do Naturatins promoveram este ano, 25 oficinas de Vigilante Voluntário pelo Meio Ambiente, oportunidade que foram capacitadas aproximadamente, 1.050 pessoas e entregues 940 carteirinhas.

Por meio da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), a Educação Ambiental, realizou durante este ano diversas atividades em parceria com o Programa Educa Sanear. Ações pioneiras, realizadas por meio de convênio com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), que já beneficiou comunidades de 12 municípios em diferentes regiões.


Sugestão de legendas

Foto 1 - Reunião para implantação do Protocolo do Fogo, em Silvanópolis

Foto 2 – Comunidade de Mateiros recebe oficina de material reciclável

Foto 3 – Naturatins promove Fórum Lixo e Cidadania, em Araguaína

Foto 4 – Educadores ambientais ministram palestra sobre Voluntário Ambiental do Meio Ambiente, em Arraias



   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.
Jornal Ecos do Tocantins    |    Contato: trajanocoelho@gmail.com    |    (63) 98444-2993