Pium, sábado 16 de dezembro de 2017

Geral

Questionamento Fundamental

12/10/2017 17h10

TCNII Editorial
Trajano Coelho Netto II - Ecos do Tocantins

Em meio a tantas autoridades ambientais de todas as esferas de governo, e reiterando a importância do trabalho preventivo e educativo realizado, cabe na circunstância em voga, levando-se em consideração que enquanto o município de Pium ardia em chamas, nenhum pedido de apoio foi atendido, cabe então questionar os critérios utilizados para o envio dos chamados brigadistas e equipamentos fundamentais, que chegaram a atuar em municípios vizinhos, ignorando o Santuário Ecológico e a promissora capacidade de produção agropecuária de Pium.

Uma Brigada de Incêndios Florestais ainda em formação não pode ser levada em conta como força operante, ou responsabilizada pelo desastre ambiental verificado em 2017 . É certo que fatores Climáticos também radicalmente contribuem, mas é hora de tratar o mal da negligência e responsabilizar burocratas insensíveis à questão ambiental.

Em tempo, é elementar que a prevenção e o combate, cheguem antes do período de propagação do fogo, e não depois que os animais já estejam sacrificados e as matas transformadas em  cinzas...

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.
Jornal Ecos do Tocantins    |    Contato: trajanocoelho@gmail.com    |    (63) 98444-2993