Pium, quarta 28 de junho de 2017

Esporte

CAI AVIÃO QUE LEVAVA CHAPECOENSE PARA FINAL NA COLÔMBIA, E MATA 76

29/11/2016 07h42

web O JOGADOR ALAN RUSCHEL, UM DOS CINCO SOBREVIVENTES DO ACIDENTE, CHEGA AO HOSPITAL PARA ATENDIMENTO.

O avião que levava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, caiu nesta terça-feira (29), informam autoridades colombianas, com 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros e 9 tripulantes, e há apenas cinco sobreviventes. O acidente matou 76 pessoas. É a maior tragédia da história do futebol brasileiro.

O avião da LaMia, prefixo CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. Seis pessoas foram resgatadas e levadas com vida a hospitais na região, mas o prefeito citou apenas cinco resgatados. Dentre esses sobreviventes estão o lateral Alan Ruschel, que chegou ao hospital de saúde consciente, mas em choque, e os goleiros Danilo e Follmann. Um jornalista também foi resgatado com vida. O Corpo de Bombeiros local, por sua vez, falou em 10 pessoas resgatadas.

A aeronave com o time catarinense perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (local, 1h15 de Brasília) e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín. Os jogadores da equipe de Santa Catarina são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.


AS PRIMEIRAS IMAGENS DE DESTROÇOS.
Autoridades colombianas informaram que a aeronave se declarou em emergência por falha técnica às 22h (local), entre Ceja e Lá Unión. Anteriormente, a imprensa colombiana informou possível falta de combustível como causa do acidente, mas notícias posteriores deram conta de que o piloto despejou combustível após perceber que o avião iria cair.

A LaMia (Línea Aérea Mérida Internacional de Aviación), proprietária do avião que caiu, é uma companhia de aviação que nasceu na Venezuela em 2009 e depois mudou sua sede para a Bolívia (Santa Cruz de la Sierra). A empresa se dedica a vôos charter.

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.
Jornal Ecos do Tocantins    |    Contato: trajanocoelho@gmail.com    |    (63) 98444-2993