Uncategorized

Agronegócio

Estado do Tocantins tem maiores valorizações no mercado de bovino de reposição, aponta estudo da Scot Consultoria

Considerando a média de todas as categorias de machos e fêmeas anelorados, a alta foi de 51,2% neste intervalo. A média geral de todos as regiões pesquisadas, para as mesmas categorias e intervalo de tempo, a alta de preços foi 26,4%. Em São Paulo, a valorização foi de 26,2%.

Imagem

No acumulado dos últimos doze meses, de todos os estados pesquisados pela Scot Consultoria, o Tocantins teve as maiores valorizações no mercado de bovinos para reposição.
Considerando a média de todas as categorias de machos e fêmeas anelorados, a alta foi de 51,2% neste intervalo.

Para uma comparação, a média geral de todos as regiões pesquisadas, para as mesmas categorias e intervalo de tempo, a alta de preços foi 26,4%. Em São Paulo, a valorização em um ano foi de 26,2%.

A pouca oferta de animais de reposição justifica esse cenário de preços firmes no estado.
Para o curto e médio prazos, a menor disponibilidade associada à demanda aquecida, típica para esse período com boa oferta de pastagens, mantém a expectativa de preços firmes e altas nas cotações não estão descartadas no mercado reposição. (Da Scot Consultoria)

Trajano Coelho

Adicionar Comentário

Clique Aqui Para Adicionar um Comentário